Fortaleza Digital – Dan Brown

Como prometido, hoje é dia de falar novamente em Dan Brown! Fortaleza Digital foi o segundo livro que li dele, lá nos meus 11 anos, e o primeiro publicado pelo autor, em 1998!

IMG_2799

Sinopse: Em Fortaleza Digital, Brown mergulha no intrigante universo dos serviços de informação e ambienta sua história na ultra-secreta e multibilionária NSA, a Agência de Segurança Nacional americana, mais poderosa do que a CIA ou qualquer outra organização de inteligência do mundo.
Quando o supercomputador da NSA, até então considerado uma arma invencível para decodificar mensagens terroristas transmitidas pela Internet, se depara com um novo código que não pode ser quebrado, a agência recorre à sua mais brilhante criptógrafa, a bela matemática Susan Fletcher.
Presa numa teia de segredos e mentiras, sem saber em quem confiar, Susan precisa encontrar a chave do engenhoso código para evitar o maior desastre da história da inteligência americana e para salvar a sua vida e a do homem que ama.
Uma corrida desesperada se desenrola paralelamente nos corredores do submundo do poder, nos arranha-céus de Tóquio e nas ruas de Sevilha. É uma batalha de vida ou morte que pode mudar para sempre o equilíbrio de forças no mundo.

Ano: 2005 (edição), 1998 (publicação)

Páginas: 336

Editora: Sextante

Comentários:

A ultra-secreta NSA, a Agência de Segurança Nacional americana, responsável por monitorar as comunicações de todo o planeta e proteger informações do governo dos Estados Unidos, investe às escondidas em uma arma revolucionária para combater a ação de grupos terroristas cibernéticos. Essa arma é o supercomputador TRANSLTR, que é capaz de decifrar em poucos minutos qualquer mensagem encriptada enviada pela internet (vale lembrar que, por mais que parçae bobo e óbvio, na época era um fato muito inovador e à frente de seu tempo).

Até que o TRANSLTR é paralisado por um misterioso código chamado Fortaleza Digital, e portanto a NSA chama a chefe do Departamento de Criptografia, Susan Fletcher, que descobre que estão reféns do gênio da computação Ensei Tankado, que exige que a NSA revele a existência do computador à população mundial. Caso contrário, seria divulgada a fórmula do Fortaleza Digital, e assim, a NSA nunca mais poderia ler nenhum e-mail na face da Terra, e a segurança nacional restaria ameaçada.

Uma certa manhã, o vice-chefe da NSA recebe a notícia de que Ensei Tankado é morto em Sevilha, e envia David Becker (namorado de Susan) ao local para recolher os pertences do morto. Ao chegar ao local, David repara nos dedos de Tankado: eram apenas três, e um deles tinha uma faixa branca. Um turista então lhe informa que ele havia lhe implorado para que ficasse com um anel, que foi aceito por outra pessoa. David então se vê em uma missão em busca do tal anel, percorrendo as ruelas e indo aos mais diversos lugares de Sevilha. A busca é eletrizante e traz um rastro de morte por onde passa.

A parte que mais lembro que me marcou no livro é quando David se vê encurralado em uma procissão religiosa, que chegaria à uma famosa catedral. Uma vez que todos entrassem, as portas fechavam-se e só voltariam a abrir após a missa. Dá-se então uma perseguição angustiante em meio à um cenário pitoresco da Espanha.

Enquanto isso, Susan descobre que o seu chefe não é seu aliado, e este acaba entregue à loucura quando sua maior invenção, o TRANSLT acaba explodindo. Porém nem tudo está perdido para a NSA, pois a equipe consegue decifrar o código e salvar o banco de dados.

E você, também curte Dan Brown, além dos clássicos do Robert Langdon? Conta pra mim nos comentários! 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s